- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


quinta-feira, 13 de abril de 2017

ANGÚSTIA E PAZ II

                A angústia entorpece os centros mentais do discernimento e desarticula os mecanismos nervosos, transformando-se em fator positivo de alienações.
                Afeta o psiquismo, o corpo e a vida, enfermando o espírito.
                Rechaça a angústia, pondo sol nas tuas sombras-problemas.
                Não passes recibo aos áulicos da melancolia e dispersa com a prece as mancomunações que produzem angústia.
                Fomenta a paz, eu é o antídoto da angústia.
                Exercita a mente nos pensamentos otimistas e cultiva a esperança.
                Trabalha com desinteresse, fazendo pelo próximo o que dizes dele não receber.
                A paz é fruto que surge em momento próprio, após a germinação e desenvolvimento do bem no coração.
                Jamais duvides do amor de Deus.
                Fixado aos propósitos de crescimento espiritual, transfere para depois o que não logres agora, agindo com segurança.
                Toda angústia dilui-se na água corrente da paz.


Fonte: ALERTA – Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis
imagem: google

Um comentário:

Ilca disse...

Oi Denise!
Maravilhosa, muito boa esta tua postagem! Gostei da clareza desses ensinamentos do Divaldo sobre um problema tão sério de saúde. Felizmente, eu nunca passei por isso, mas acredito, sim, que a causa da angústia tenha muito a ver com a espiritualidade de cada pessoa. O sentimento de não aceitação e os pensamentos negativos que cultivamos dentro de nós, são a principal causa desse grande mal. E o que nos ajuda realmente a enfrentarmos os momentos difíceis é a força oração, a positividade, a esperança, o poder da nossa fé !
Obrigada pela tua visita, que sempre me faz feliz!
Um beijo enorme, minha amiga! Feliz Páscoa !!