- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -

CONHEÇA O ESPIRITISMO - blog de divulgação da doutrina espírita


terça-feira, 18 de abril de 2017

CARMA E CONSCIÊNCIA I

                O carma é o efeito das ações praticadas nas diferentes etapas da existência atual como da pregressa.
                Fruto da árvore plantada e cultivada, tem o sabor da espécie que tipifica o vegetal.
                Quando os atos são positivos, os seus resultados caracterizam-se pela excelência da qualidade, favorecendo o ser com momentos felizes, afetividade, lucidez, progresso e novos ensejos de crescimento moral, espiritual, intelectual e humano, promovendo a sociedade na qual se encontra.
                Quando atua com insensatez, vulgaridade, perversão, rebeldia, odiosidade, recolhe padecimentos ultrizes, eu propiciam provas e expiações reparadoras de complexos mecanismos de aflições, que respondem como necessidade iluminativa.
                O carma está sempre em processo de alteração, conforme o comportamento da criatura.
                A desdita que se alonga, o cárcere moral que desarvora, a enfermidade rigorosa que alucina, a limitação que perturba, a solidão que asfixia, o desar que amargura podem alterar-se favoravelmente se aquele que os experimenta resolve mudar a atitudes, aprimorando-as e desdobrando-as em prol do bem geral, no que resulta em bem próprio.
                Não existe nas soberanas Leis da Vida fatalidade para o mal.
                O que ao ser acontece, é resultado do que ele fez de si mesmo e nunca do que Deus lhe faz, como apraz aos pessimistas, aos derrotistas e cômodos afirmar.
                Refaze, pois, a tua vida, a todo momento, para melhor, mediante os teus atos saudáveis.
                Constrói e elabora novos carmas, liberando-te dos penosos que te pesam na economia moral.

Fonte: MOMENTOS DE SAÚDE E DE CONSCIÊNCIA
Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis  
imagem: google      

Nenhum comentário: